Notícias

Sexta-feira, 12 de Julho de 2019, 14:59h

Novo mutirão no HGV atende 32 pacientes

Serão beneficiados 32 pacientes da ortopedia

Fachada iii

O Hospital Getúlio Vargas (HGV) realiza neste sábado (13), mais um mutirão de cirurgias ortopédicas, beneficiando 35 pacientes. A ação faz parte dos mutirões de cirurgias eletivas da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) e Fundação Hospitalar do Estado (Fepiserh), quem vem sendo realizados de forma contínua com o objetivo de liquidar as demandas reprimidas. 

Para o diretor-geral do HGV, Gilberto Albuquerque, o objetivo é reduzir o tempo de espera por um procedimento no HGV. Segundo ele, nos últimos dois meses os mutirões foram intensificados, se tornando uma rotina da casa. "A expectativa é melhorar mais ainda a eficiência dos serviços", comenta.

O diretor-técnico do HGV, Fábio Marcos, explica que o mutirão deste sábado será voltado às cirurgias ortopédicas. "Vamos realizar cirurgias tanto nos pacientes que aguardam através da Regulação do Estado, que são as fraturas em pacientes idosos, quanto os do Ambulatório Integrado do HGV", explica. 

Para o coordenador da Clinica Ortopédica, Osvaldo Mendes, a ênfase do mutirão serão pacientes com problemas no ombro. "Temos uma fila de pacientes com problemas de ombro. São aqueles ombros que deslocam com freqüência e os outros casos são de tendinite, que é a inflamação de um ou mais tendões que provocam inchaço e dores", conta o médico.

O presidente da Fundação Hospitalar do Estado, deputado Pablo Santos, ressalta a importância da ação. "Os mutirões no HGV já acontecem de forma contínua e estamos alinhados com a Sesapi e Regulação do Estado para cada vez mais, agilizar as cirurgias e oferecer maior resolutividade à rede estadual", analisa o presidente.


Fonte: Fátima Oliveira (HGV)