Notícias

Quinta-feira, 26 de Dezembro de 2019, 11:13h

Hospital de Picos recebe reforços no atendimento

No último fim de semana houve uma demanda atípica e pontual, sobrecarregando o atendimento

Urg%c3%aancia hospital de picos

Em visita ao Hospital Regional Justino Luz, em Picos, o secretário de Saúde do Estado, Florentino Neto, e o presidente da Fundação Estatal Piauiense de Serviços Hospitalares (FEPISERH), Welton Bandeira, anunciaram reforços no atendimento da urgência e emergência do hospital.

Florentino Neto explicou que no último fim de semana houve uma demanda atípica e pontual, sobrecarregando o atendimento. "Como nesse período do Natal e virada de ano, os serviços de Estratégia de Saúde da Família das cidades da macrorregião de Picos estão de recesso, muitos pacientes que eram para Atenção Básica procuraram o Hospital de Picos, que somados ao aumento da demanda do período, acarretaram numa saturação na capacidade de acolhimento, mas todos os pacientes foram sendo acomodados de forma regular", disse.

O secretário divulgou que, "Normalmente são atendidos até 300 pacientes por dia, mas neste domingo foram atendidos quase o dobro desse número. Em média, são realizadas 25 tomografias diariamente, e domingo foram 57". Florentino ressaltou que, "Toda urgência e emergência vem passando por uma reforma que devemos entregar na sua integralidade agora em janeiro. E também vamos inaugurar o Centro de Parto Normal e a Casa da Gestante, além da Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal", completou.

O presidente da Fundação Hospitalar do Estado, Welton Bandeira, destacou que as medidas para os próximos fins de semana já foram tomadas. "Uma série de medidas estão sendo adotadas, sendo a principal delas, um reforço nas equipes de atendimento da urgência e emergência, aumentando o número de profissionais, para que esse aumento de demanda do período não gere atribulações no atendimento". Bandeira ainda revelou que já foram providenciadas mais macas e monitores para ampliar os atendimentos.

NOVO HOSPITAL DE PICOS

No último dia 29 de novembro, a 1° Vara dos Feitos da Fazenda Pública, através do juiz Aderson Antônio Brito Nogueira, autorizou a continuidade das obras do novo hospital, o Centro de Referência Médica. As obras estavam paralisadas desde 2016 devido a uma decisão judicial.

“Reformas e ampliações estão sendo executadas para melhorar a qualidade dos serviços de saúde para toda a população piauiense e agora poderemos retomar a construção do nosso novo hospital”, destacou o secretário.

O gestor da Sesapi informa que quando inaugurado, o hospital atenderá cerca de meio milhão de pessoas provenientes de 60 municípios da região e que o projeto inicial prevê que a unidade contará com 260 leitos de enfermaria, 24 leitos de UTI adulto, central de processamento de resíduos, quatro salas de parto normal, auditório com 150 lugares, refeitório, biblioteca e toda a estrutura de um hospital-escola, de média e alta complexidade, tendo em vista que a unidade também receberá acadêmicos do curso de medicina da Universidade Federal do Piauí (Ufpi) de Picos.


Fonte: FEPISERH