Notícias

Quarta-feira, 06 de Janeiro de 2021, 12:10h

HGV foi referência em alta complexidade para tratamento da covid em 2020

HGV recebeu 710 pacientes com suspeita de Covid-19 em 2020, segundo dados são do 13º Boletim Epidemiológico do hospital.

Foto: Roberta Aline Hgvcovid2

Como hospital referência de alta complexidade para tratamento de pacientes com covid-19, o Hospital Getúlio Vargas (HGV) atendeu 710 casos de pacientes regulados para a unidade em 2020, sendo que 649 foram confirmados com a doença. Os indicadores são correspondentes ao período de 1 de abril a 31 de dezembro do último ano. Nesse período, 310 pacientes tiveram alta por cura.

Para a coordenadora do Núcleo de Qualidade em Saúde e Segurança do Paciente do HGV, Nirvania Carvalho, o boletim mostra o perfil epidemiológico dos pacientes que foram internados na área covid, tanto nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) como nas enfermarias. "Considerando que alguns dos pacientes, no início da pandemia, foram admitidos ainda como suspeitos para a Covid-19, realizando seu exame para diagnóstico após a admissão no hospital. Os gráficos trazem os números de internações, a procedência, os casos positivos para Covid-19, as altas por cura e os óbitos, com suas respectivas características epidemiológicas. Os óbitos considerados são os institucionais, que ocorrem no período maior que 48 horas da internação do paciente", explica a enfermeira.

O informe mostra que o hospital recebeu o maior número de casos entre os meses de junho e agosto. Em junho, 147 casos, em julho, 161 casos, e em agosto, 108 casos. A maioria dos pacientes era do sexo masculino, 378 casos, o que corresponde a 58,24% dos atendimentos realizados na área covid.

O diretor-técnico da Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares (Fepiserh), Ítalo Rodrigues, órgão que administra do HGV, comenta que o Getúlio Vargas é referência para o tratamento grave da doença e unidade essencial no enfrentamento da pandemia no estado. “O Governo do Estado e a Fepiserh estruturaram o hospital de forma eficiente, de modo que, todos os pacientes acolhidos receberam o que há de mais adequado na terapia contra a Covid-19, sendo que, agora estamos reabrimos 10 leitos por conta do aumento dos casos no Piauí para que não haja colapso na rede estadual", informa Rodrigues.

Para o diretor-geral do HGV, Osvaldo Mendes, o hospital teve que se estruturar em tempo recorde para receber essa demanda de pacientes. "Atualmente estamos com 10 leitos de UTI para o pacientes com covid e aumentaremos mais 10, reforçando a importância  da população continuar realizando as medidas de prevenção", explica o gestor.

 


Fonte: Hospital Getúlio Vargas