Notícias

Quarta-feira, 02 de Outubro de 2019, 19:32h

HGV discute segurança do paciente

Também foi apresentado um novo modelo de registro de ocorrência

David Carvalho Img 3996

Com foco na segurança do paciente, foi aberta nesta quarta-feira (2), a III Semana de Segurança do Paciente e o II Fórum de Prevenção de Quedas do Hospital Getúlio Vargas (HGV). Na programação, palestras, oficinas, conferências, estações práticas e estandes, além da apresentação de um novo modelo de "registro de ocorrência", que passa a ser online. Participaram da abertura, o presidente da Fundação Hospitalar do Estado (Fepiserh), Welton Bandeira, o diretor do HGV, Gilberto Albuquerque, e o coordenador da Rede de Urgência e Emergência, Telmo Mesquita, representando o secretário da Saúde, Florentino Neto.

Nirvania Carvalho, coordenadora do Núcleo de Qualidade em Saúde e Segurança do Paciente do HGV, informa que o hospital já participa de dois projetos junto ao Ministério da Saúde relacionados a segurança do paciente, "Paciente seguro" e "Segurança do paciente em larga escala". Ela revela que o Getúlio Vargas já segue todos os protocolos de segurança exigidos pela Organização Mundial da Saúde. " Desde 2014, o HGV iniciou a implantação de todos os protocolos de Segurança do Paciente e atualmente são 32 indicadores monitorados e avaliados", conta. 

A coordenadora explica que a nova forma dos registros de ocorrências vai otimizar as notificações sobre segurança. "Antes, os riscos eram notificados através de impresso, manualmente. Com a modernização do hospital, agora as notificações serão realizadas via online, através da intranet", afirma Nirvania.

Para o presidente da Fundação Hospitalar do Estado, Welton Bandeira, projetos como esses, além de trazer melhorias para os pacientes, são benéficos para o Estado. "Quando se investe na segurança do paciente, evitamos despesas com tratamentos provenientes de outras patologias adquiridas durante o acolhimento, além de oferecer mais segurança para as pessoas que abrigamos e assim, melhorando o fluxo de atendimentos", pontua o presidente.

Para Gilberto Albuquerque, durante esses dois dias serão abordadas temas referente a segurança do paciente onde o HGV é destaque com as experiências exitosas já implantadas no hospital. "Tudo que se fala e se faz hoje é com foco na segurança do paciente. Estamos liderando esse movimento no Piauí com resultados positivos na implantação das seis metas internacionais, com destaque na prevenção de quedas", explica o diretor.

A gerente de Qualidade e Segurança do Paciente do Hospital Osvaldo Cruz, que ministrou a conferência sobre Cultura de Segurança, Paola Andreoli, diz que a cultura coloca todo mundo pensando na mesma linha e traz a possibilidade de fazer a assistência da maneira como deve ser feita. "Temos muito a comemorar e começamos a ver resultados positivos com a implantação de metas de segurança que faz o hospital ter mais qualidade".

A abertura contou com uma apresentação musical do cantor Lázaro do Piauí, show do humorista Jackstênio. Durante a programação, foi divulgado o resultado do concurso interno de escolha das melhores ideias para o hospital, que teve como tema, "Sua ideia pode fazer a diferença". As quatro melhores ideias foram premiadas com R$ 500 cada uma.

Participaram também da abertura, o diretor técnico do HGV, Fábio Marcos, diretor administrativo, Fernando Danda, gerente de enfermagem, Cecília Viana, e a representante da UESPI, Prof. Sandra Marina.


Fonte: Ascom FEPISERH