Notícias

Segunda-feira, 26 de Agosto de 2019, 11:17h

HGV amplia indicadores positivos de atendimento

Foram mais de 56 mil atendimentos ambulatoriais de janeiro a julho deste ano

Reuni%c3%a3o hgv sesapi

A Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares (Fepiserh), através de sua assessora especial, Fátima Garcez, e o diretor do Hospital Getúlio Vargas (HGV), Gilberto Albuquerque, se reuniram na última segunda-feira (26), com o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, para apresentar um relatório dos números indicadores do hospital dos últimos dois meses. Os dados são positivos e suprem de forma assertiva o contrato de gestão entre Fundação e Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi).

Gilberto Albuquerque apresentou um diagnóstico que apontam melhoras na produção do hospital no bimestre. Ele explica que houve um aumento de 400 autorizações de internação hospitalar (AIH), o que possibilitou um incremento na produção em 42%. Só no mês de julho, foram realizados um total de 1.374 procedimentos de internação.

O diretor comenta que está satisfeito com os resultados alcançados. "É com satisfação que a gente ver os resultados, onde mesmo diante de todas as dificuldades, o HGV conseguiu ampliar seus índices de atendimento, aumentou o faturamento e passou a atender mais pacientes e manter o padrão da Gratificação de Incentivo à Melhoria da Atenção à Saúde (GIMAS) para todos os servidores. Isso somente foi possível com a colaboração de todos", fala Gilberto.

De acordo com relatório da Assessoria de Planejamento do HGV, de janeiro a julho, o hospital realizou 8.300 cirurgias, sendo que houve um aumento significativo nos dois últimos meses, passando de 930 internações em maio, para 1.374 em julho. Os dados mostram que também houve um aumento no atendimento ambulatorial, passando de 5.513 em maio para 6.820 em julho, totalizando 56.439 atendimentos ambulatoriais de janeiro a julho deste ano. Os exames complementares dobraram a quantidade, passando de 4.730 em maio para 8.423 em julho.

A assessora especial da Fundação, Fátima Garcez, explica as ações que a Fepiserh vem promovendo para potencializar a produção do hospital. "Intensificamos a manutenção, reforma e recuperação de equipamentos, revitalizamos salas cirúrgicas, otimizamos o abastecimento e procuramos motivar nossa equipe. Dessa forma, estamos conseguindo reduzir as filas de espera por cirurgias e aprimorar os processos de trabalho da casa. Sabemos que na Saúde, a demanda é contínua e crescente, mas estamos empenhados em dar respostas positivas para população e ampliar os serviços da rede", fala Garcez.


Fonte: Fátima Oliveira (HGV)